Banda Loira Marrenta

Composta Pela Ex cantora da Banada Kitara Carlinhas Alves Ja faz Secesso Com a Banda loira Marrenta

Musa Do Calypso

Musa do Calypso, formada em 2009. Com os vocalistas Priscila Senna e Allison Marxs, a banda embala os corações apaixonados.

Marcelo Andrade

Marcelo Andrade

Banda Sedutora

Banda Sedutora Vem conquistando uma legião de fãs por todo estado pernambucano e fora do estado de pernambuco.

Banda Kiamo

Banda Kiamo .

terça-feira, 8 de abril de 2014

(Imagens da Lua Neste Momento) Especialistas em profecias apontam para “sinais inegáveis” no céu: luas de sangue Estudiosos cristãos de judeus apontam para tempos proféticos coincidindo com sinais nos céus (luas de sangue)

 De tempo em tempos especialistas em profecias apontam para os sinais de cumprimento de alguma revelação bíblica. Os próximos dois anos serão marcados por diversos “sinais nos céus”, já conhecidos e previstos pela astronomia. Para eles, trata-se claramente da abertura de um dos selos descritos em Apocalipse 6.
O primeiro “alerta para a igreja” veio em 2008, quando o assunto foi levantado pelo pastor Mark Biltz, que é descendente de judeus. Ele afirmava ter feito uma descoberta surpreendente. Biltz estava estudando as profecias sobre o Sol e a Lua desde Gênesis, onde a Bíblia afirma que os luzeiros no céu serviriam “para sinais e para as estações do ano”.
“O termo em hebraico implica que não é apenas um sinal, mas um sinal da Sua vinda.” esclarece. Biltz diz ainda que a palavra traduzida como “estações” tem o sentido de “tempo determinado”, implicando na comemoração das festas estabelecidas por Deus no Antigo Testamento e que seguem o calendário lunar adotado pelos judeus.
Ele lembra de textos como Joel 2:31: “O sol se converterá em trevas, e a lua em sangue, antes de chegar o grande e terrível dia do SENHOR”, repetido em Atos 2:20. Também aponta para Mateus 24:29-30, quando Jesus diz “o sol escurecerá, e a lua não dará a sua luz. … E então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem” e Lucas 21:11: “haverá também coisas espantosas, e grandes sinais do céu”.
“Deus quer que olhemos para o calendário bíblico, pois ele vai sinalizar sua vinda… precisamos estar atentos às festividades bíblicas, pois são todas proféticas”, afirma Biltz, pastor da igreja El Shaddai em Bonney Lake, Washington. Ao fazer uma análise sobre o fenômeno conhecido como “lua de sangue”, que ocorre quando o Sol fica em frente à Lua no firmamento, Biltz notou que esse tipo de eclipse lunar ocorreria justamente durante as festas bíblicas em 2014 e 2015. O pastor acredita que ao se tratar de sinais na terra, como fomes, pestes e guerras, a humanidade já está acostumada a ouvir falar, mas não ocorrer o mesmo quando são sinais no céu.
Convencido da importância desse fator, o pastor John Hagee fez um estudo aprofundado sobre esses eventos. Este ano, lançou um livro e um DVD com o título “Four Blood Moons: something is about to change” [As 4 luas de sangue: algo está prestes a mudar]. Ele explica que usou as projeções da NASA, relatos históricos e a Bíblia. Para Hagee existe uma conexão direta entre os quatro próximos eclipses lunares (lua de sangue) e “o que eles anunciam para Israel e para toda a humanidade.”
Seu argumento principal é que ao longo dos últimos 500 anos, três luas de sangue ocorreram no primeiro dia da Páscoa. Estas aparições estão ligadas a alguns dos dias mais importantes da história judaica.

Luas de sangue em dias importantes

1492 – o último ano da Inquisição espanhola, quando os judeus foram expulsos da Espanha 1948 – proclamação do Estado de Israel e a Guerra da Independência
1967 – início da guerra dos Seis Dias, quando Israel lutou contra nações árabes e reconquistou Jerusalém como parte de seu território
“Cada corpo celeste é controlada pela mão invisível de Deus, o que sinaliza eventos futuros para a humanidade. Não há acidentes no movimento solar ou lunar”, argumenta Hagee. Para ele é de extrema importância que os cristãos entendam estes sinais proféticos que apontam para a Segunda Vinda de Jesus.

Segundo ele, tudo o que Deus prometeu na Bíblia está relacionado com Israel e o povo judeu. Falando sobre as raízes hebraicas das profecias sobre o fim tempo, ele aponta oito sinais que serão vistos no céu antes do aniversário dos 70 anos da restauração de Israel. Por que o número 70 é importante? Cioccolanti explica: “Porque Israel ficou 70 anos no cativeiro babilônico e demorou 70 anos entre o nascimento de Jesus e a destruição do templo em Jerusalém. Portanto, é algo muito importante o fato de Israel estar prestes a completar 70 anos desde seu renascimento como nação, em 1948.”
Ele faz longas observações tentando explicar os oito sinais, juntamente com algumas observações sobre as datas que eles acontecerão. Para ele a questão é simples, esses sinais provavelmente “nunca mais ocorrerão nessa sequencia” e alerta: “irão começar em breve”. Lembra ainda que no Talmude, livro judeus de Interpretação da lei, ensina “Quando a lua estiver em eclipse, é um mau presságio para Israel. Se a sua face for tão vermelha quanto o sangue, a espada [guerra] está vindo ao mundo”. Para o judaísmo, a Lua é um sinal para Israel, enquanto o Sol é um sinal para os gentios [resto do mundo].

Lua sinal para Israel, Sol para gentios

1 – Cometa Ison (28 de novembro de 2013) – A NASA já divulgou que este ano veremos um cometa com cauda brilhante como a lua cheia.
2 – Lua de Sangue (15 de abril de 2014) – terá início a “Tétrade”, período em que quatro eclipses lunares consecutivos são todos eclipses totais. Prenuncio de uma guerra mundial sangrenta
3- Lua de Sangue (08 de outubro de 2014) – Festa dos Tabernáculos (Sukkot) no calendário de Israel
4- Eclipse Solar Total (20 de março de 2015) – Um sinal para os gentios. Aniversário da provável data em que Moisés tirou os judeus do Egito
5- Lua de Sangue (4 de Abril de 2015) – Festa dos Tabernáculos (Sukkot) no calendário de Israel
6 – Eclipse solar parcial (13 de setembro de 2015) – Festa das trombetas no calendário de Israel e 7 º aniversário desde a última grande queda do mercado
7 – Lua de Sangue (28 de setembro de 2015) – Superlua, que também é um eclipse lunar. A lua nunca esteve tão próxima da Terra. Esse evento ocorrerá durante a Festa dos Tabernáculos (Sukkot).
8- Virgem vestida de Sol (23 setembro de 2017) – 50º aniversário da reconquista de Jerusalém (Jubileu). Brilho extraordinários da constelação de Virgem, cumprimento da Profecia de Apocalipse 12.
Data profética principal: Dia dos 70 anos da Independência de Israel (14 de maio de 2018), marcando o renascimento da nação.
É possível ver o vídeo aqui (em inglês).
Paralelo a isso tudo, entre os judeus há um crença parecida, baseada nas profecias do famoso rabino Judah ben Samuel, um fervoroso estudante do Tanach [Antigo Testamento]. Ele foi o fundador do movimento judaico Hasídico. Ele morreu em 1217, mas deixou escritos com suas conclusões. Para muitos, são profecias sobre os últimos “Jubileus”, períodos proféticos de 50 anos, seguindo o texto de Números 25.
1. Desde a data em que profetizou (1217), passariam 6 jubileus (300 anos) até que viessem tomar a cidade de Jerusalém. De fato, os Turcos Otomanos a conquistaram em 1517.
2. A cidade de Jerusalém estaria sob o domínio [dos Turcos Otomanos] durante 8 Jubileus, ou seja, 400 anos. Considera-se cumprida, pois os Turcos ficaram até 1917, quando foram expulsos pelo exército britânico.
3. A cidade de Jerusalém seria uma “terra de ninguém” pelo espaço de 1 Jubileu (50 anos). A Inglaterra atuou politicamente como “Protetorado” entre 1917 e 1967, pois em junho daquele ano o exército de Israel expulsou os árabes da cidade durante a Guerra dos Seis Dias.
4. Os Judeus dominariam a cidade durante 1 Jubileu (1967 até 2017?), ano que marcaria o Jubileu final, que daria início à Era Messiânica. O Yon Kippur (ano novo) será em 30/9/2017.
Uma vez que 2017 de nosso calendário será o ano 5777 do calendário judaico, muitos acreditam que a união de 3 “setes” aponta para perfeição e plenitude, na cultura judaica. Com informações de WND e Christian Post.









domingo, 30 de março de 2014

"Um dia você aprende"


Que amar não significa apoiar-se,
e que companhia nem sempre significa segurança...

Começa a aceitar suar derrotas com a cabeça erguida e olhos adiantes...

Que não importa o quanto se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam...

E aceita que não importa quão bom seja uma pessoa, ela vai ferí-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la...

Que se leva anos para se construir confiança e apenas segundos para destruí-la...

Que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias...

E o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem...

Descobre que as pessoas que você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa...

por isso devemos deixar os que amamos com palavras amoras, pode ser a última vez que os vejamos...

Que algumas vezes a pessoa que você espera que o chute quando você cai é uma das poucas que o ajudam a levantar...

Que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame, não significa que esse alguém não o ama com tudo o que pode...

Que o tempo não é algo que possa voltar atrás...

Que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe...

E aprende que a vida tem valor e que você tem valor diante da vida...

sexta-feira, 28 de março de 2014

Repórter estrangeiro vem conhecer o Rio – e é assaltado


Episódio foi mencionado em matéria do jornal inglês The Independent. Objetivo da viagem, paga pelo governo brasileiro, era promover imagem positiva do país

Orla de Copacabana, no Rio de Janeiro
Orla de Copacabana, no Rio: a caminhada rápida entre restaurante e hotel de madrugada "provou-se uma má ideia - e talvez ingênua" por parte do grupo de repórteres estrangeiros no Brasil 
São Paulo – O jornalista inglês Ian Herbert veio ao Brasil para conhecer três cidades sede da Copa do Mundo 2014 e, naturalmente, escrever sobre elas no jornal em que trabalha, The Independent. A ironia é que a viagem, custeada pelo governo brasileiro para melhorar a imagem do país, acabou envolvendo uma desagradável tentativa de assalto na madrugada do Rio de Janeiro.

“A caminhada deste correspondente na praia de Copacabana com outras quatro pessoas às duas horas da manhã provou-se uma má ideia - e talvez ingênua - quando meia dúzia de jovens se materializou exigindo relógios e dinheiro e empunhando armas”,escreveu ele na reportagem, publicada no último domingo.
Apesar do susto, o repórter afirma que o grupo foi embora sem levar “nada”. Em entrevista ao UOL, que descobriu o caso, o jornalista disse que os profissionais gritaram para chamar atenção e que a chegada de um casal acabou dispersando os ladrões.
A viagem, que durou toda a semana passada, foi oferecida pelo governo brasileiro. Chamadas de "press trips", esses convites são usados rotineiramente pelo poder público e por empresas para apresentar a pessoas da imprensa novos produtos e lugares (e estimular que abordem o assunto em textos jornalísticos, se acharem interessante).
Outros cinco profissionais também vieram ao país. Mas um deles, do jornal The Guardian, não fez referência ao episódio em matéria publicada no último sábado.
A Embratur, órgão que promove o turismo nacional no Brasil e exterior, foi quem bancou a viagem, que incluiu ainda as cidades de Fortaleza e Manaus. O valor gasto não foi divulgado até o momento.
Apesar da tentativa de promoção, o titulo da matéria do The Independent – “É caos no Brasil, mas não entre em pânico” indica que a iniciativa acabou tendo efeito contrário.
Uma leitura atenta, porém, mostra que o jornalista Ian Herbert, apesar de mencionar todos os problemas envolvendo a organização do evento, teve olhos mais benevolentes e contextualizadores que a média do que é publicado lá fora.
“Nada disso significa que a Copa não funcionará”, salienta ele em determinado trecho, completado por uma fala do secretário-executivo do Ministério do Esporte, Luis Fernandes.
“Se as pessoas não tiverem uma visão mais generosa (em relação aos países em desenvolvimento), então esses eventos se tornarão festas de homens ricos", afirmou o segundo homem na hierarquia do Ministério do Esporte.
O Independent cita também que várias obras não teriam começado sem o Mundial, e que hoje é possível “enviar e-mail com um vídeo de um celular enquanto se navega no rio Amazonas, se você preferir não olhar para os jacarés Cayman”.
“O torneio que está para começar pode ter imperfeições, mas vai viver por muito tempo na memória”, encerra a reportagem do jornalista. E tudo isso apesar do assalto.

Novo clipe de Loirinha Marrenta bomba na Internet

O primeiro videoclipe da nova banda de Carlinhas Alves, Loirinha Marrenta, já atingiu a marca de 17 mil visualizações na Internet. Para quem ainda não conferiu a produção lançada no último sábado (22), o Social1 mostra o clipe, dá os detalhes da gravação e ainda divulga a agenda de shows da banda.

A música escolhida foi “A gata fecha”, uma composição de Elvis Pires, responsável pela produção música da banda. As cenas foram gravadas na Avenida Governador Agamenon Magalhães, Parque Dona Lindu, Boate Metrópole e Parque Mirabilândia.
Loira Marrenta
Loira Marrenta. Foto: Virginia Rodriguez/divulgação
Carlinha Alves e sua equipe já trabalham no lançamento do primeiro CD da Banda Loira Marrenta. Na próxima semana, a banda vai lançar a música “Aqui se paga tudo que se faz”. A música será um dueto entre Carlinha e Yara Tchê, da Banda Desejo de Menina.
Agenda da Loira Marrenta – Abril:
04 – Olinda/PE (Clube Atlântico)
05 – Igarassu/PE (AFASA)
05 – Recife/PE (Batutas de São José)
05 – Cabo de Santo Agostinho/PE (Asa Branca)
11 – Olinda/PE (Esquina do Mar)
11 – Recife/PE (Norte Show)
12 – São Lourenço da Mata/PE (Clube Ipiranga)
26 – Paudalho/PE (Clube Estrela)
27 – Condado/PE (Espaço 10)

Capim com Mel desmente boatos sobre a morte da cantora Leidinha Falcão


   capim com mel
A direção do Forró Capim com Mel, emitiu uma nota oficial, desmentido boatos sobre o falecimento da sua principal estrela, a cantora Leidinha Falcão.
notacapim

A produção da banda decidiu redigir o comunicado, depois que rumores sobre a morte da cantora surgiram e ganharam força. 
Em seguida foi a vez da própria cantora se manifestar sobre o assunto, através do seu perfil pessoal no Facebook, em tom de brincadeira, Leidinha “levou na esportiva”, a falsa informação e até riu da situação.
leidinha
Vale lembrar que recentemente a banda pernambucana divulgou sua nova canção, intitulada de “Todo Amor”, que está sendo bem aceita entre os forrozeiros e fará parte do novo CD que a banda pretende lançar, após o carnaval.

Diário do Forró

Aviões do Forró no aniversário de Limoeiro. Prefeito anuncia programação na segunda



No próximo dia 06 de abril será comemorada a Emancipação Política de Limoeiro. Uma programação cívica e administrativa está sendo preparada pela administração municipal, além de uma grade artística. O prefeito Ricardo Teobaldo disse na tarde desta quinta (27) que os nomes das atrações devem ser divulgados até a próxima segunda (31). A reportagem do Blog do Agreste obteve a informação de que as comemorações serão vivenciadas durante todo o dia do aniversário da Princesa do Capibaribe. Em relação às bandas, ventilam os nomes de Aviões do Forró, Polentinha e Chiclete com Banana. Uma fonte da prefeitura confirmou a nossa reportagem que Aviões do Forró está batido o martelo. (Imagem | Reprodução Internet)
 Fonte: Blog Do Agreste 

quarta-feira, 26 de março de 2014

Um terço dos jovens nunca usa camisinha, aponta pesquisa da Unifesp


Um terço dos jovens de 14 a 25 nunca usa camisinha em suas relações sexuais, aponta levantamento feito por pesquisadores da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) divulgado nesta quarta-feira, 26. Com 1.742 entrevistados, a pesquisa investigou o comportamento dos jovens brasileiros com relação ao uso de álcool e drogas, vida sexual e cuidados com a saúde física.
Segundo os pesquisadores, a falta de prevenção no sexo leva a outros dados preocupantes: 32% das jovens entre 14 e 20 anos já engravidaram ao menos uma vez. Desse total, 12,4% tiveram aborto espontâneo ou provocado. "Pelas estatísticas que temos de aborto natural, acreditamos que 8% das meninas tiveram abortos provocados, muitas vezes feitos em clínicas clandestinas, que colocam as garotas em risco", afirma Clarice Sandi Madruga, uma das pesquisadoras responsáveis pelo estudo.
Outro dado que surpreendeu os especialistas foi o alto índice de jovens sedentários. A pesquisa mostra que 79% dos entrevistados não pratica atividade física frequentemente e 57% não faz nem sequer exercícios leves, como jogar futebol ou andar de bicicleta eventualmente. "Não esperávamos esses dados para jovens. O maior acesso a computador, smartphone, videogame pode estar vinculado com esse índice", afirma Ilana Pinsky, outra pesquisadora envolvida no estudo.
Álcool e drogas. Os pesquisadores também observaram comportamentos de risco relacionados ao uso de álcool e drogas. Metade dos jovens bebe e um quarto deles disse já ter dirigido alcoolizado pelo menos uma vez no último ano.
Entre os jovens que consomem álcool, um terço bebe abusivamente semanalmente. O consumo abusivo ocorre quando a pessoa ingere quatro ou cinco doses em um período de duas horas.
Entre as drogas ilícitas, a maconha é a mais consumida entre os jovens. Cerca de 8% dos entrevistados declararam ter fumado o entorpecente pelo menos uma vez no último ano. Em seguida, aparece a cocaína, com 4,8% de prevalência.
Meninas. Alguns indicadores de comportamento de risco tiveram piores resultados entre as meninas e mulheres entrevistadas. No caso do uso da camisinha, 38% das jovens disseram nunca usar, contra 29% dos entrevistados. Na pergunta sobre o sedentarismo, o índice de jovens sedentárias é quase 15 pontos porcentuais superiores ao dos homens.
Embora o índice de mulheres que dirigem alcoolizadas seja baixo (3,8%), quase um terço delas diz andar em veículos conduzidos por motoristas bêbados.